Segunda, Julho 16, 2018
   
Text Size
image
image image
Clique Folia no WhatsApp
Divulgação e Cobertura de Eventos
Divulgação e Cobertura de Eventos Anuncie Conosco!

Limpurb disponibiliza 3 mil banheiros químicos para o Carnaval de 2018

Limpurb disponibiliza 3 mil banheiros químicos para o Carnaval de 2018.

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), disponibilizou para o Carnaval deste ano 3 mil banheiros químicos, um acréscimo de 13% em relação ao ano passado, quando foram instalados 2.613 equipamentos do tipo. Neste ano, 72 contêineres climatizados completam o serviço disponibilizado ao folião.

Os sanitários químicos foram instalados nos circuitos Osmar, Dodô, Batatinha e nos bairros que recebem os festejos. A instalação dos sanitários climatizados (concentrados no Pelourinho, Centro, Barra e Ondina) teve início há um mês, executada sempre à noite, com ruas fechadas, em prol da segurança. A antecedência se fez necessária para que pontos de água, luz e esgoto fossem estruturados.

Durante todos os dias de Carnaval, a Limpurb contará com uma equipe de 3.855 colaboradores, sendo 936 na Coordenação e no Apoio, 1.339 agentes de limpeza e 1.580 serventes de sanitários públicos (químicos e climatizados). Além da coleta, estão sendo realizados os serviços de varrição; lavagem de vias e logradouros; instalações, limpeza e manutenção de sanitários públicos.

Dentre as áreas de limpeza estão os circuitos Batatinha (Pelourinho), Osmar (Centro), Dodô (Barra/Ondina), Orlando Tapajós, Sérgio Bezerra, Riachão, Mestre Bimba; bairros; ilhas; e acessos aos circuitos. A estimativa é que durante os dias de festa sejam coletadas 1,6 mil toneladas de resíduos, e consumidos 7.756 m³ de água e 31,53 m³ de detergente aromatizado. Já na primeira noite de Carnaval (quinta-feira, 8 de fevereiro) foram coletadas 35,2 toneladas de resíduos; consumidos 260 mil litros de água e 320 litros de detergente aromatizante.

Segundo o presidente da Limpurb, Kaio Moraes, "após o Carnaval, será realizado um estudo técnico operacional, com profissionais especializados, para observar os locais onde houve mais reclamações de 'xixi' na rua e quaisquer outras queixas. Vamos avaliar se é possível instalar ou deslocar os equipamentos no local e, a partir daí, tomaremos as medidas cabíveis."

Vandalismo - Antes do início do Carnaval de 2018, a Limpurb já contabilizou um prejuízo de, pelo menos R$ 50 mil por vandalismo a banheiros. Foram vandalizados contêineres na Barra (próximo ao Hospital Espanhol), dois na Garibaldi e dois no viaduto Menininha do Gantois (que liga o Campo Grande ao Vale do Canela). Dentre as principais avarias estão os furtos de lâmpadas/luminárias, vasos sanitários, aparelhos de ar condicionado, torneiras, entre outras estruturas.

 

Siga-nos:

Facebook: Cliquefolia

Twitter: @Cliquefolia

Instagram: #Cliquefolia

Rafael Santos: #rafaelsba

George Castro: #geocastro18

Publicidade

Bahia FM 88,7

Pesquisa